17 setembro, 2010

-



logo eu,
que acreditava em tantos romances, nuances e afins.
Jurava que existia princípe sapo, sapo princípe e castelos de marfim
acreditava em amor de perder o sono, fome, e indentidade.
Jurava que era a princesa e o 'felizes para sempre' não teria fim...
logo eu que acreditava em você!


Lídia Pauletti

Um comentário:

  1. Ola amooor!!Sejaa bem vinda ao meu cantinho!!!beijooos floor

    ResponderExcluir